Osteoporose

Osteoporose é uma doença metabólica e sistêmica queacomete todos os ossos. O número de pacientes com osteoporose, acompanhada da morbidade e mortalidade de suas fraturas, aumenta a cada ano. Estima-se que a proporção da osteoporose para homens e mulheres seja de seis mulheres para um homem a partir dos 50 anos e duas para um acima de 60 anos. Aproximadamente uma em cada três mulheres vai apresentar uma fratura óssea durante a vida.

 

A osteoporose é uma doença silenciosa e, geralmente, expressa-se por fraturas com pouco ou nenhum trauma, mais frequentemente no punho, colo do fêmur (quadril) e coluna.

 

Outros sintomas que podem surgir com o avanço da doença são:

• Dor ou sensibilidade óssea;

• Diminuição de estatura com o passar do tempo;

• Dor na região lombar devido a fraturas dos ossos da coluna vertebral;

• Dor no pescoço devido a fraturas dos ossos da coluna vertebral;

• Postura encurvada ou cifótica.

 

O principal exame para rastreamento e diagnóstico da osteoporose é a densitometria óssea que avalia a densidade dos ossos do corpo podendo identificar quando os ossos estão muito finos, ou ainda, quando a perda ainda está nos estágios iniciais. Além desse exame, a radiografia também pode ser indicada para a investigação da osteoporose.

 

A osteoporose é de cura difícil, quase impossível. No entanto, pode-se fazer da primeira fratura a última, ou então evitar qualquer o aparecimentos dessas lesões. Se houver uma perda óssea importante, o tratamento pode impedir o agravamento, mas não irá eliminar a doença.

 

Os objetivos do tratamento da osteoporose são o controle da dor, retardo ou interrupção da perda da massa óssea e prevenção de fraturas. A escolha do tratamento irá depender da causa da osteoporose - se por excesso de reabsorção óssea ou por formação insuficiente de osso - e de outras doenças associadas.

 

Desenvolvido por Proxymed - Gestão e Marketing Médico