Osteotomias do joelho

A Osteotomia do Joelho trata-se de um procedimento cirúrgico para realinhamento de desvios nos membros inferiores que provoquem distúrbios e disfunções na articulação.

 

O procedimento envolve a remoção ou adição de uma cunha óssea na região superior da tíbia ou inferior do fêmur objetivando alterar o eixo mecânico do peso corporal para a região interna ou externa do joelho, preservando o compartimento articular mais desgastado e com condropatias.

 

A Osteotomia do Joelho é uma opção para pessoas que podem ser consideradas muito jovens para realizarem a artroplastia total do joelho, já que caracteristicamente, a prótese do joelho desgasta-se mais rapidamente em pessoas com menos de 55 anos do que em pessoas com mais de 70 anos.

 

A cirurgia só deve ser indicada quando há a certeza de que existe realmente a artrose e que a alteração do eixo do membro inferior melhorará os sintomas. Por isso, é sempre necessário seguir as orientações de um especialista.

Desenvolvido por Proxymed - Gestão e Marketing Médico